Cookies veganos de aveia que você  pode e deve comer!

Cookies veganos de aveia que você pode e deve comer!

Antes de falar sobre a receita de hoje, queria dedicar esse post a uma pessoa muito especial, amorosa e corajosa que conheci através do face, e que carinhosamente me pediu uma receitinha de biscoito doce. Ela se chama Mariana e está fazendo um trabalho maravilhoso no Kenya, ajudando crianças de uma comunidade carente a terem acesso a educação mais humanizada e à alimentação adequada. Ela fundou uma organização chamada Hai África. Visitem a página do Hai África clicando aqui, e vejam o trabalho lindo que ela faz. Existem várias maneiras de ajudar a Hai África como doações, apadrinhando e amadrinhando uma das crianças ou divulgando o trabalho:)

………………………………………………………………………………………………………………………………………………

No post de hoje resolvi falar um pouco sobre gordura. O que tenho notado é que nossa sociedade se tornou quase que obcecada por produtos sem gordura, pois passamos a acreditar que gordura é sempre uma inimiga quando se trata de saúde. Bom, por muito tempo, eu fui esse tipo de pessoa. Gastei muito dinheiro comprando iogurte sem gordura, biscoitos diet e light e me atormentava contando calorias. Mas o interessante é que por mais que eu evitasse produtos sem gordura e sem açúcar (mas com muito adoçante artificial) nunca conseguia emagrecer muito. E mais, eventualmente acabava ganhando peso novamente!

capa

Há pelo menos um ano mudei muito o modo como encaro comida e felizmente hoje não sou mais obcecada em evitar gordura e contar calorias. Consumo regularmente gordura, mas somente de origem vegetal. Minhas fontes de gordura favoritas são abacate, sementes (abóbora, chia, gergelim, girassol) chocolate amargo (90% de cacao), azeite de oliva, óleo de coco, nozes, amêndoas e manteiga de amendoim. Bom, mas porque acredito que devemos sim comer gordura e que ela é parte de uma dieta saudável, mesmo quando se pretende perder peso?

c7

Primeiro e provavelmente o mais importante, o consumo de gordura provenientes de fontes vegetais e na sua forma mais natural possível, como as que citei anteriormente, juntamente com muitas verduras, legumes, frutas vai fazer você se sentir mais satisfeita por mais tempo. O problema de não consumir gordura é que sentimos fome mais rapidamente e acabamos comendo mais frequentemente, assim consumindo mais calorias ruins. Eu lembro que eu costumava almoçar e minutos depois já estava com fome. Nunca me sentia satisfeita. E assim, acabava dando aquelas “beliscadas” durante o dia, que parecem tão inocentes, mas na verdade nunca são! Hoje sempre almoço um prato muito cheio de vegetais e sempre uso azeite de oliva ou óleo de coco quando estou cozinhando. Também sempre incluo abacate ou sementes ou nozes nas saladas, e assim não sinto fome por horas.

c8

Outro motivo da importância de consumir gordura é que nosso corpo, e principalmente nosso cérebro, necessita de gordura para funcionar melhor. Nosso cérebro é composto principlalmente de gordura – aproximadamente 60%! O consumo de gordura vai ajudar na sua memória e melhorar sua capacidade intelectual. Estudos também têm demonstrado que a gordura está associada a aumentos nos níveis de serotonina, um neurotransmissor que tem importante função na prevenção de depressão.

Para preparar o cookie da receita abaixo eu utilizei manteiga de amendoim 100% natural e sem açúcar. Adoro esse cookie, porque apesar de parecer um pouco calórico, ele é muito saudável, com ingredientes 100% naturais. Ele é uma ótima opção de lanche e até para o café-da-manhã. Eu adoro comer ele nos dias em que corro. Como um deles uma hora antes de cada corrida.

c4

Quer experimentar 🙂

E já que você está aqui, aproveite e  confira as outras receitas do blog que estão fazendo sucesso clicando aqui

E se você gostou dessa receita e quiser curtir minha página no Facebook, clique aqui🙂

Ah, e não esqueça deixar seu email aí em cima, você não vai querer perder as receitas deliciosas que estarei postando nas próximas semanas!

Cookies veganos de aveia e pasta de amendoim
Print
Ingredients
  1. - 1 copo (240 ml) de aveia (flocos ou farelo)
  2. - 2 colheres de sopa de manteiga ou pasta de amendoim (de preferencia sem açúcar)
  3. - 2 colheres de sopa de farinha de coco - altamente recomendo. A farinha de coco deixa os cookies mais saborosos e sequinhos. Veja notas abaixos
  4. - 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  5. - 4 colheres de sopa bem cheias de melaço ou “maple syrup”, ou açúcar derretido em duas colheres de água bem quente.
  6. - 50 gramas de chocolate (barra) amargo picado (certifique-se que não contenha leite). Se preferir, pode usar qualquer outro tipo de chocolate vegano
  7. - 2 colheres de sopa de uvas passas (opcional)
  8. - 6 colheres de sopa de água ou mais para dar consistencia na massa
Instructions
  1. Numa tigela, combine a farinha de coco, aveia, pasta de amendoim, açúcar, bicarbonato, uvas passas e metade do chocolate picado. Misture tudo muito bem e vá adiconando as colheres de água até que solte do fundo da tigela e tenha uma consistencia de massa de biscoito (bem pesada e que vc consegue moldar com mão). Deixe descansar por uns 10 minutos.
  2. Com ajuda de uma colher, forme bolinhas do tamanho que desejar sobre um papel manteiga ou forma untada. Distribua um pouco do restante do chocolate sobre as bolinhas. Leve para assar por 25-30 minutos a 180° C.
  3. Deixe eles esfriarem uns 15 minutos antes de servir.
Notes
  1. Se não quiser ou não pode consumir pasta de amendoim, substitua por 4 colheres de sopa de banana bem madura e amassada e diminua a quantidade de água.
  2. Você pode fazer farinha de coco batendo o coco ralado seco no liquidificador.
  3. Se não quiser usar chocolate, como alternativa coloque um pouco de canela na massa, e terá cookies sabor canela.
VEGAN & COLORS http://veganandcolors.com/
col-1

capa-1

c6

Gostou da receita!? Deixe seu comentário abaixo e se inscreva, assim você não perde as próximas receitas que estarei postando:)


 

One Comment

  1. Adorando suas receitas!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*